Tratamento de Canal

CONSULTA ÚNICA

O número de consultas para finalizar o tratamento depende do dente e do número de canais em seu interior. Contudo, na SABRE Odontologia Inteligente, dispomos de algo inovador. Com a evolução da Odontologia e o surgimento de novas técnicas de limpeza do canal, o tratamento endodôntico pode ser realizado em apenas uma sessão na grande maioria dos casos. Isto é possível utilizando-se técnicas mecanizadas de tratamento, onde a limpeza manual é substituída pela limpeza rotatória utilizando-se uma tecnologia inovadora que possibilita economia de tempo e melhora na qualidade do tratamento.

A Endodonta é a área da Odontologia que trata da prevenção, diagnóstico e cura das doenças da polpa dental. A polpa dental é o tecido localizado no interior do dente que é responsável pelas sensações de frio, calor e dor. Ela representa a corrente sanguínea do elemento dentário, sendo também conhecido como “nervo” do dente. O tratamento endodôntico é popularmente conhecido como “tratamento de canal”.

O dente é um órgão composto por paredes duras em seu exterior. Com o “inchaço” proveniente da inflamação do nervo, há um aumento da pressão interna do dente e por isso ocorre a sensação de “coração pulsando”. A dor é espontânea e latejante, podendo ser irradiada para região do ouvido e garganta. Há casos, entretanto, onde ocorre a necrose do nervo, mas o dente permanece assintomático, sendo o processo diagnosticado pelo dentista através do exame clínico e radiográfico. Quando ocorre esta necrose do nervo, o espaço vazio do canal pode ser contaminado por bactérias, ocorrendo a infecção do espaço periapical (espaço localizado no final da raiz entre o dente e o osso). Neste caso, pode haver a formação de abscesso (acúmulo de pus) e ocorrência de fístula (via de escape do abscesso na gengiva, tendo aspecto de uma bolha).

A cárie é a causa mais comum da inflamação do nervo. Outras causas são: os traumatismos dentários (quedas e batidas na região da boca), infecções de origem periodontal (gengivas), indicação protética (principalmente nos casos de coroas), abrasões dentárias (desgastes severos dos dentes), entre outros.
Quando a polpa encontra-se inflamada, necrosada ou infectada, é necessário a realização do tratamento endodôntico, que consiste na remoção da polpa doente, limpeza do canal e selamento do espaço (antes ocupado pelo nervo) com material biocompatível (que não agrida os tecidos do organismo). Com o uso da anestesia o tratamento é indolor. Após a consulta, o dente pode ficar dolorido. Esse desconforto pode ser controlado com analgésicos ou antiinflamatório.

Com o tratamento de canal concluído, o dente precisará de uma restauração ou prótese para restabelecer sua forma e função normais e evitar fratura do elemento dentário ou recontaminação do espaço tratado. É muito importante também a realização de radiografia do dente 6 meses após a obturação, para avaliar a cicatrização dos tecidos ao redor do dente.

 

SABRE Odontologia Inteligente – Serviços Odontológicos. EPAO1871 RT Dr. Renato Cremonese CRORS14521.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: